Vereador quer retirar o uso obrigatório de máscara em Campo Grande

Projeto desobrigaria o uso de máscara em ambientes abertos e fechados na cidade

BATANEWS/REDAçãO TOPMIDIA


Crédito: Wesley Ortiz/Arquivo

O vereador Tiago Vargas (PSD) apresentou na Câmara Municipal, nesta sexta-feira (22), um projeto de lei no intuito de desobrigar o uso de máscara em ambientes abertos e fechados, públicos ou privados em Campo Grande.

No texto do projeto, o vereador destaca ser preciso dar o reconhecimento e importância das medidas de prevenção para frear o vírus, mas que coloca como contraponto, a diminuição de casos e mortes.

Assim, a ideia é que a cidade desobrigue o uso de máscara facial, mas reiterando que o ideal é continuar respeitando as normas de biossegurança. 'Importante ressaltar que o distanciamento social bem como as questões de higienização, principalmente das mãos, continue', diz trecho do texto.

'Mais da metade da população campo-grandense já foi vacinada, então acho que chegou a hora de nós mostrarmos a nossa cara', disse em um vídeo publicado nas redes sociais.

Em Campo Grande, 71,8% da população recebeu a primeira dose da vacina, enquanto 63,8% já está com o ciclo vacinal completo.

Na última quarta-feira, dia 20, Mato Grosso do Sul completou cinco dias sem registrar uma morte pela covid-19, como divulgou a SES-MS (Secretaria de Estado de Saúde) no seu boletim epidemiológico.