Suínos usam protetor solar para se proteger de calor histórico

Para evitar queimaduras no pelo, suínos são cobertos de protetor solar no Reino Unido, que enfrenta a maior onda da calor da história

BATANEWS/CANAL RURAL


Produtores de suínos usam protetor solar para proteger o rebanho do calor histórico que assola a Europa.

Nesta terça-feira (19), o Reino Unido registrou a maior temperatura da sua história: 40,2°C, segundo o Met Office, serviço nacional de meteorologia britânico.

Nas fazendas, os produtores, especialmente os pecuaristas, se protegem como podem.

Enquanto as ovelhas são tosquiadas e os bovinos de corte não são metabolicamente ativos, as vacas leiteiras, particularmente as raças de maior rendimento, são menos adaptadas ao estresse térmico.

Uma das medidas adotadas pelos produtores de leite é o galpão de descanso refrigerado quando a temperatura passa dos 20ºC.

De acordo com informações do jornal britânico The Guardian, as vacas são deixadas do lado de fora após a ordenha da manhã, são levadas para dentro dos galpões durante a hora do almoço e, em seguida, deixadas para fora novamente à noite após a ordenha da tarde.

No Reino Unido, grande parte da produção de aves e suínos é mantida em granjas refrigeradas. No entanto, alguns suínos são criados soltos.

Neste caso, os produtores estão recorrendo ao protetor solar e toalhas molhadas para protegê-los de queimaduras solares.

Had to go put sunscreen on my gal, Tammy Swinette… her mud pack doesn’t reach her ears