Faxineiro do Caps é acusado de abuso sexual contra paciente de 11 anos

Menino só contou sobre o abuso ontem à tarde (2), depois de parecer irritado em casa

BATANEWS/CGNEWS


Crime está sendo investigado pela Depca, onde foi registrado nesta quarta-feira. (Foto: Paulo Francis)

Faxineiro de 57 anos é suspeito de abusar sexualmente de uma criança de 11. A vítima é paciente do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) Infanto Juvenil, localizado no Bairro Cruzeiro, em Campo Grande. O caso foi registrado na DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), na tarde desta quarta-feira (3). De acordo com o boletim de ocorrência, o homem também é pastor.

A criança relatou ao pai que, na segunda-feira passada, o funcionário da unidade o encurralou no jardim do Caps, e passou a mão por todo seu corpo, inclusive, nas  partes íntimas.

O menino contou que ficou assustado com a situação,  correu e tentou se esconder na sala de brinquedos. Mas no entanto, o suspeito o alcançou. O faxineiro continuou passando a mão no peito do menino e em seguida foi embora.

O pai do garoto disse à polícia que o filho só contou sobre o abuso ontem à tarde (2), quando passou a ficar muito irritado. Quando a PM (Polícia Militar) chegou no Caps na manhã de hoje (3), o jardineiro notou a movimentação e fugiu do local.