Em menos de 24 horas, 9 pessoas morrem à espera de vaga em UTI na Capital

Cinco pessoas morreram ontem e 4 antes da metade desta sexta-feira, em UPAs e CRSs

BATANEWS/ANAHI ZURUTUZA / CAMPO GRANDE NEWS


Paciente em UTI da Capital (Foto: Campo Grande News/Arquivo)

Num intervalo de menos de 24 horas, 9 pessoas com a covid-19 morreram à espera de vagas em UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), em Campo Grande. Os pacientes estavam “internados' em unidades 24 horas da Capital.

De acordo com Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), das cinco pessoas que morreram nessa quinta-feira (25), duas estavam diagnosticadas com a doença causada pelo novo coronavírus e o restante com sintomas respiratórios. Resultados de exames comprovaram que os outros três também tinha a covid.

Na noite de ontem, a secretaria informou por meio de nota que a maioria dos pacientes infectados pelo coronavírus têm chegado em estado muito grave às UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e CRSs (Centros Regionais de Saúde).

'Durante o atendimento são realizados os procedimentos necessários para a estabilização do quadro de saúde destes pacientes, resultando, muitas vezes, em intubações', observou o texto.

A Sesau reforça que, durante todo o tempo que o paciente permanece na unidade, é dado 'suporte necessário' à sobrevida da vítima, 'visando a garantir que eles consigam uma transferência a um leito de UTI' o quanto antes.